What Men Still Don't Understand

quarta-feira, março 26, 2014

A sociedade evolui, o mundo continua a girar, a tecnologia está cada vez mais avançada, mas existem homens que continuam sem perceber a necessidade que as mulheres têm em ter diversidade de calçado e roupa. Enquanto muitos continuam a achar que podem viver com 3 pares de sapatos (uns castanhos, outros pretos e um par assim assim que, supostamente, dá com tudo), nós mulheres, e escrevo isto de forma generalizada porque já ouvi muitas mulheres queixarem-se do mesmo, precisamos claramente de mais. O vestir-se não é simplesmente tapar-se da nudez. Já lá vai o tempo em que qualquer trapinho servia bem para cobrir-se e agasalhar-se. Vestir-se é uma forma de expressão cultural, de atitude, de personalidade, de identidade, de estilo... e podia continuar por aqui fora. Daí a enorme riqueza e beleza do ato de vestir-se. Não é de hoje, é desde sempre, que o simples ato de vestir-se passa uma mensagem. Para muitos ter uma mesa farta é o mais importante, para muitos ter um bom carro é o mais importante, para muitos o viajar é o mais importante, para outros o vestir-se também é importante. E entre homens e mulheres, ainda são as mulheres que continuam a dar mais importância ao ato de vestir, obviamente que há homens que dão bastante importância à imagem, mas maioritariamente continuam a ser as mulheres. Perguntavam-me esta manhã para que preciso de 30 pares de sapatos, isto depois de terem olhado em relance para o meu calçado. Ao que eu respondi: "Para me calçar". A outra pessoa não se ficou e, claro, que eu já estava à espera da célebre resposta: "Mas para te calçares não precisas de 30 pares!". Como é óbvio, para andar calçada não preciso de 30 pares. Na verdade para andar calçada só preciso de 1 par. Mas sentir-me-ia bem? Também para viver eu não preciso de ter uma casa com televisão, microondas, computador, máquina de café, etc. Mas tenho! Para viver preciso só de satisfazer as minhas necessidades básicas. Vendo bem as coisas é isso mesmo. Mas não! Nós queremos o sofá, a almofada para encostar no sofá, a cortina a combinar, o tapete bonitinho para decorar, o aparador para por as loiças, etc. etc. Assim é com a roupa. Também quero e preciso de roupa adequada para ir trabalhar, roupa adequada para ir a uma festa/evento, roupa adequada para ir sair, roupa adequada para os meus tempos de lazer, roupa adequada para isto e para aquilo. O calçado acompanha essa necessidade. O calçado que eu levo para ir trabalhar não é o mesmo que eu vou levar calçado para ir a um evento. Nem é o mesmo calçado que eu vou usar para ir à praia ou ir fazer uma caminhada. E não estamos aqui a falar de ter de comprar tudo do bom e do melhor, cada um compra o que gosta e sobretudo o que pode! Sim, porque ainda houve a ousadia de me dizerem: "Mas não podes gastar mais do que aquilo que ganhas!". Confesso que esta afirmação deixou-me boquiaberta! Pois se há coisa que eu aprendi foi o conceito de poupança. Mas realmente não sei porque me dou ainda ao trabalho de justificar o que não precisa de ser justificado.

You Might Also Like

3 comentários

  1. eu não teria dito melhor, faço tuas as minhas palavras;)
    concordo em tudo e é mesmo isso ...
    beijinhos
    http://beautydemulheremae.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Bom tema de conversa. isso é tudo verdade. mas hoje em dia as pessoas continuam a achar que os homens têm de compreender as mulher.. mas às vezes o contrário não acontece. temos cabeças diferentes e maneiras de abordar os assuntos também diferentes. Se ambos perceberem isto, evitam-se eternas discussões que não levama a lado nenhum. Eu confesso.... sou um anti-moda e não tenho estilo nenhum. Eu passo na rua e ninguém me liga.. vou a um bar e ninguém repara em mim. Outros gajos... todos apaparicados, aparecem num local.. e a visão lateral das mulheres começa a analisar de alto a baixo :) Eu farto-me de rir com isto. Sou assim pronto...mas tb confesso que já fui muito critico em relação à moda. Agora... acho que cada um é como é. Existem pessoas que precisam de estarem bem vestidas e andarem sempre com as ultimas tendências principalmente as mulheres. têm 5000 sapatos e 1 milhão de vestidos.. okay eleas lá sabem.. desde que depois não se queixem que lhes falta dinheiro para outras coisas. Quem não tem dinheiro não tem vicios...muitos homens pensam assim e não tens que levar a mal. :)
    Também é verdade que escolher roupa para mim... é um problema diário... não tenho jeito nenhum. Quando vou a festas... fico 30 min a olhar e a pensar... "o que é que vou levar?!!?" tenho sempre que pedir conselhos.. porque senão.. vou de meias brancas com sapatos pretos... camisa, fato e gravata da mesma cor!
    Okay... diz lá... sou um caso perdido... não me importo .. eu sei que sim :)

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.

Subscribe