Bricolage is not for me

segunda-feira, novembro 05, 2012

Perto de fazer 30 anos de existência é que me dou conta que deveria ter-me empenhado mais à séria nas aulas de EVT - Educação Visual e Tecnológica. Fazer desenhos, pintar, trabalhar barro ou construir/montar peças em madeira nunca foram o meu forte. Desenhar? Pffff... uns rabiscos! Pintar? Pffff... uns borrões! Trabalhar o barro? Era mesmo caso para se usar a sábia expressão popular "assente em pés de barro". Construir/montar peças em madeira? Pffff... não aconselhava ninguém a sentar-se sequer num singelo banquinho montado por mim. E quanto mais os anos passavam, mais eu me convencia que era um zero à esquerda nestas coisas do bricolage. Ir às aulas de EVT era uma martírio, sei lá, régua, esquadro e compasso não eram a minha onda, e de cada vez que tinha que ir para dentro da sala com cartolinas, colas e lápis de todo o tipo eu só me perguntava para que é que aquilo me ia servir um dia. Pois que o dia chegou! E foi este fim-de-semana. Precisava de montar 2 prateleiras na parede para ter mais espaço de arrumação, 2 prateleiras essas compostas por:

  • 2 tábuas corridas
  • 4 bases para suportar o peso
Pois perguntem-me lá quanto tempo eu e o meu namorado (que também não devia prestar muita atenção às aulas de EVT) demorámos a montar as prateleiras na parede?
5 horas
 
Assustador, não é? A 1ª prateleira foi a que demorou mais tempo e, na verdade, a culpa nem foi nossa. Foi sim ter dado de "caras" com uma viga ao usarmos o berbequim para fazer um furo na parede. Até a broca se partiu!!!! E encontrar uma loja de ferragens aberta a um sábado à tarde? Minha nossa senhora!!!!!!!!! TUDO FECHADO! Só dava vontade de cortar os pulsos. Solução: Ir a uma loja dos chineses. Lá encontra-se sempre tudo. Mas isto não podia ficar por aqui. A procissão, na verdade, ainda ia no adro. Uma nova aventura surgiu com a 2ª prateleira. Depois de fazer os furos na parede o que é que aconteceu? Pois que a parede era naquela zona um tanto para o oca e não havia maneira do parafuso segurar na parede. Pois que tivemos de ir novamente à loja dos chineses comprar buchas para conseguir segurar o parafuso, mas... as buchas eram demasiado pequenas e caíam para dentro da parede. Grrrrr.... Nova ida aos chineses para comprar buchas mais grossas, que, finalmente, se seguraram na parede e seguravam os parafusos. Cinco horas depois pude contemplar as 2 singelas prateleiras, mas tão cedo não me meto noutra aventura de bricolage. Por alguma razão nunca gostei destas coisas.

You Might Also Like

13 comentários

  1. A bricolage não é assim tão fácil quanto parece. Mas com a prática vai-se tornando mais simples.
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  2. Xeee... Grande trabalheira! xD
    Tanto imprevisto...
    Tanta pouca sorte...
    Até estou a achar pouco 5 horas para colocar as bem ditas prateileiras!

    O que interessa é que... Já lá estão! :P eheh

    ResponderEliminar
  3. Tens de te dedicar a outras coisas :)

    - Não posso... Não há directos nem transmissões hoje. Tenho de esperar pelo dia 4 para ver e estar muiiito atenta a tudo, como faço todos os anos! Por enquanto contento-me com as fotografias (:

    ResponderEliminar
  4. Pensando pelo lado positivo, não apanharam nenhum tubo de agua!!

    ResponderEliminar
  5. Eu não gosto de ler... mas quando encontro algum livro que fique encantada eu devoro muito rapidamente.

    ResponderEliminar
  6. Sim, serve. Eu e a minha mãe vestimos e calçamos praticamente o mesmo tamanho :)

    ResponderEliminar
  7. gostei muito do teu blog e já o sigo!

    aww por acaso já pensei no curso de fotografia, mas não sei onde posso encontrar :c

    beijinhos
    http://angiemelo.blogspot.com :))

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.

Subscribe