Supermarket

quarta-feira, novembro 17, 2010

Os entendidos falam. Nós ouvimos. Fazemos ouvidos de mercador. Estou careca de saber que não devo ir ao supermercado com fome. E porquê? Segundo consta, se formos às compras com fome trazemos mais do que a medida. Em vez de gastarmos 30 euros, gastamos 60 euros. E a tentação de comprar mais e dar cabo da carteira é tanto maior quanto for o supermercado em questão. Então, onde é que eu me fui meter num final de tarde quando já não comia nada há cerca de cinco horas e sentia o estômago colado às costas? Hipótese a) mercearia do bairro. Hipótese b) supermercado da zona. Hipótese c) hipermercado da grande Lisboa. Pois é!!!! Foi a hipótese c). Nem fazem a ideia do quanto sofri enquanto percorria os corredores. "Aaaahhhh! Estas bolachas têm bom aspecto. E estas batatas-fritas?? Ainda não as conhecia! Hmmm... e este molho mexicano, que aspecto divinal tem o guacamole. E esta massa? Também me parece bem...". Quando dei por mim tinha o cesto de compras cheio. Toca a seleccionar! E depois só me apetecia abrir as embalagens dos artigos e começar a comer, comer e comer como se não houvesse amanhã. Acho que estava a salivar tanto como o cão de Pavlov e nem precisava da causa sineta para provocar o efeito baba.

You Might Also Like

2 comentários

Com tecnologia do Blogger.

Subscribe