Carlos Cruz and court

sábado, setembro 04, 2010

Não entendo uma coisinha. O tribunal considerou o Carlos Cruz culpado dos crimes e há pessoas que continuam a dizer que não acreditam. Que não basta o tribunal dizer que ele é culpado para ele ser de facto culpado. Só falta dizerem que é preciso ver para crer. E já agora, querem ver exactamente o que afinal? O senhor e os referidos menores em actos impróprios? Santa paciência!!!!! Se calhar as pessoas esquecem-se que decorreu uma investigação durante vários anos.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Boa noite,li o que escreveu e não podia estar mais de acordo...permita-me dizer ainda o seguinte: o sr. carlos cruz, na conferência de imprensa que deu , na qual veio exibir uma vez mais a convicção profunda de que uma palavra vinda da sua PESSOA é bastante para dar a volta à opinião pública, chamou, a todos os que o escutavam, aquilo que realmente pensa acerca do seu próximo: "atrasados mentais".
    Assim, tratou logo de bradar perguntando de forma cínica e arrogante: "Provas?!? Mas quais provas???".
    É evidente que por carlos cruz achar que não existem provas ...é porque não existem provas.
    O que talvez nem todas as pessoas saibam é que as provas constam do o processo judicial pelo qual foi condenado e que o mesmo já não se encontra sob segredo de justiça, podendo ser consultado por qualquer pessoa.
    O processo é, actualmente, público.
    Talvez sabendo isto as pessoas pensem duas vezes antes de comer tudo o que o sr.cruz lhes mete no prato!
    Mara

    ResponderEliminar
  2. A única coisa que corre mesmo o risco de ser esquecida é a possibilidade de a sentença do Mister 123 se tornar efectiva (vivam os recursos infindáveis que a Justiça portuguesa permite a quem tem uns cobres no bolso).
    Mas pronto, a sentença final pode esperar... bem, na verdade, até não (alguém disse PRESCRIÇÃO?).

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.

Subscribe