Serenade

sexta-feira, março 19, 2010

Há mulheres que sonham que um homem lhes cante uma serenata à porta de casa. Honestamente, e por mais romântico que isso possa parecer, acho que não ia querer. As ruas de Lisboa não são necessariamente as mais românticas do mundo. Se ainda fosse numa vila pitoresca. Agora, eu que moro num 4º andar numa zona antiga de Lisboa, coitado do rapaz que se atrevesse a fazer-me uma serenata. Ia ter de ter umas goelas bem afinadas e trazer eventualmente um megafone para que eu pudesse ouvi-lo de lá de cima e atrair-me a vir à janela. Depois, claro, as vizinhas iam todas espreitar por detrás das cortinas como quem não quer nada e iam começar com risinhos. Pior seriam os maridos delas que não iam achar piada nenhuma à brincadeira e ainda chamavam a polícia, e com muita sorte ou azar, ainda antes de eu ter tido tempo de ir à varanda do quarto para ouvi-lo cantar. Resumindo, não ia querer essa dita serenata, pelo menos nas ruas de Lisboa. Nada contra as ruas de Lisboa, bem pelo contrário, adoro Lisboa, mas sendo uma serenata algo tão romântico e intimista julgo que não merece transformar-se num espectáculo de exibicionismo gratuito. Às vezes acho que as pessoas têm necessidade de mostrar a toda a gente momentos que deveriam ser íntimos e especiais. Basta ver a quantidade de pedidos de casamento que se fazem na televisão! Essa é outra coisa que não gosto e não quereria. Sempre sonhei com um pedido de casamento num ambiente a dois, algo para ser partilhado a dois e não com uma multidão. Assim também é com as serenatas. Nem na faculdade lhes achava muita graça. Curioso, curioso é que no último jantar de "encalhados" em que participei apareceu uma tuna do nada que começou a cantar uma serenata à janela do restaurante. O que vale é que foi o último jantar de "encalhados" não fosse a coisa repetir-se.

You Might Also Like

1 comentários

  1. Também não acho piadinha nenhuma a essas coisas em público e, tal como tu, também não me estou a ver metida nessas coisas de serenatas aqui em Lisboa. Onde eu moro, o mais provável seria o barulho dos cães abafar completamente a voz do artista:-)

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.

Subscribe