Now i'm reading...

domingo, setembro 06, 2009

Já estou preparada para o vosso choque. "O quê? Ela está a ler Os Maias?!! Ela é doida". Pois, devo ser de facto, principalmente porque estou a ler Os Maias porque quero e me apetece. Não por nenhuma obrigação escolar, nem muito menos porque me impingiram. E lá vem a pergunta previsível: "Mas ela não leu Os Maias nos tempos de escola? Era obra obrigatória no secundário". Não meus caros, não li o livro no secundário. Nunca me foi pedido. Ah! E no meu ano não era este o livro obrigatório, era outro, A Aparição de Vergílio Ferreira. Portanto, como QUASE Portugal inteiro já leu o livro e eu não quero ser a ovelha negra da literatura, até porque já li O mistério da estrada de Sintra de Eça de Queiróz e achei fantástico, tenho a certeza que este livro não me vai desapontar. Por norma costumo comprar os meus próprios livros. No final, sinto que passam a fazer um pouco parte de mim e não quero deixa-lo ir embora. Se for buscar um livro a uma biblioteca ou pedir emprestado é isso que vai acontecer, vou ter de entrega-lo e uma parte de mim vai embora também. Contam-se pelos dedos de uma mão os livros emprestados que li. Com Os Maias foi diferente. Foi um dos primeiros livros sobre o qual eu e o meu respectivo falámos, ainda bem no início do nosso namoro. Um dia ele fez-me uma surpresa. Apareceu na minha casa com o livro na mão. Esbocei um sorriso, claro. Não pensei que ele fosse dar importância a uma conversa trivial. Mas deu. Há vários meses que tenho o livro dele comigo, o mesmo livro que ele usou nos tempos de escola, cheio de anotações nas bordas. Hoje tomei coragem e li as primeiras 11 páginas. É um começo. Tenho muito para me entreter até chegar à 719.

You Might Also Like

15 comentários

  1. eu li no 11º ano por "obrigaçao" e gostei muito. a Aparição no meu ano nao era obrigatória, tb o li por minha auto-recriação e tb adorei :)

    beijinho e... boa sorte :)

    ResponderEliminar
  2. POr acaso dei-o na escola mas quando o dei já o tinha lido e adorei! Também fui a unica que o li na minha turma LOL

    Beijinhooos*

    ResponderEliminar
  3. Também apanhei A Aparição. Não te sintas discriminada. També não li os Maias. Na minha altura já havia os resumos da Porto editora. Gosto de ler mas por obrigação... não obrigada!!

    ResponderEliminar
  4. Eu AMEI este livro! cho que foi mesmo dos melhores livros que já li até hoje.:)

    ResponderEliminar
  5. Eu gostei muito de ler Os Maias, a minha imaginação ganhou asas, tendo em conta o grau de descrição, de cada momento da história.

    Tudo de bom
    Com carinho
    Sairaf :)

    ResponderEliminar
  6. Vais gostar.. eu adorei os Maias:)
    Depois diz o que achaste sim?
    Bubble kiss**

    ResponderEliminar
  7. Pois olha, na minha altura era "obrigatório" ler os Maias e eu não o li. Limitei-me a ler uns resumos que achei suficientes para fazer a disciplina na boa e com óptima nota!
    Também sou daquelas que compra todos os livros que leio (e chego a ler 2 ou 3 num mês) e acredito que um dia destes faça o mesmo que tu e resolva ler os Maias, agora que não me é imposto.

    bjs

    ResponderEliminar
  8. Eu por acaso li porque tive que o estudar e fiquei agradavelmente surpreendida... Adorei, acho que vais gostar =)

    bjo****

    ResponderEliminar
  9. eu li os Maias porque teve que ser...e gostei da história em si, não gostei da "palha" envolvente, não sei se me faço entender...

    ResponderEliminar
  10. Eu acho uma óptima escolha de leitura :)
    (Li uns anos antes da "obrigação escolar", depois o do crime do padre amaro - também recomendável, acho)
    boa leitura*

    ResponderEliminar
  11. Também tive de ler Os Maias,por ser obrigatório,mas adorei o livro.E também li o Aparição,não me lembro se por obrigação,penso que sim,mas tenho sentimentos positivos/negativos com esse livro.Fiquei maravilhada com as descrições na altura,achei até que me identificava,hum,talvez perturbada seja a melhor palavra.Mas gostei dos dois.Muito.Depois diz o que achaste.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  12. gosto deste bric-a-brac. Já li duas vezes

    ResponderEliminar
  13. A historia em si é bonita mas a escrita e um pouco densa, principalmente as primeiras 200 paginas

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.

Subscribe