Against high heels

quinta-feira, setembro 17, 2009

Está aberta uma guerra contra os saltos altos. Esta é a notícia do dia para as mulheres que vibram, adoram, amam e até choram por ter uns lindos e sexys sapatos de salto alto. Vi a notícia no jornal Público de hoje. Não, não se trata de querer por um fim a este tipo de sapatos, trata-se apenas de as mulheres não serem obrigadas a usar saltos altos em determinadas profissões como parece que acontece no Reino Unido. Os sindicatos britânicos insurgiram-se contra o uso obrigatório de saltos altos no trabalho. Fiquei de queixo caído quando li isto, pois não fazia a menor ideia que isto acontecesse. Já tinha ouvido falar que há empresas que têm códigos de conduta em termos de vestuário, como por exemplo, não usar saias demasiado curtas, não usar calças de ganga, não calçar ténis ou sapatilhas, mas ser obrigatório calçar saltos altos nunca tinha ouvido falar. É mais elegante. Uma mulher fica com um porte mais feminino. Fica sexy. Ficamos mais altas. Mas há os contra como em tudo. Jamais seria capaz de ir trabalhar todos os dias de saltos altos. A maior parte do tempo uso calçado rasteiro e confortável, e não acho que fique menos bonita por isso. Uso saltos altos, naturalmente, como qualquer mulher, mas não por obrigação. Uso quando me apetece e quando acho que devo usar. Há roupas que só sobressaem e ficam bem quando complementadas por uns bonitos saltos altos. Havia de ser bonito no meu trabalho me obrigarem a usar saltos. Eu não alinhava nisso de certeza. Iam disponibilizar mais capital no final do mês para eu comprar sapatos dessa naureza? Não!!?? Então, com o meu dinheiro eu compro o que eu quero e o que eu gosto. Iam pagar massagens nos pés, nas pernas e nas costas? Não!!!??? Então mais uma vez eu calço o que quero, porque usar saltos altos provoca dores nesses sítios todos. (E nestes dias eu até nem tenho andado bem das costas... já fui a um osteopata levar uma massagem e continuo com dores). Acho que consoante as profissões as pessoas devem adaptar o guarda-roupa, isso faz sentido, mas há sapatos igualmente elegantes, finos e clássicos sem salto e acho que quem não gosta de usar saltos altos não deve ser obrigado a isso. Eu uso de vez em quando, mas é por minha vontade. Sou a favor da liberdade de escolha. E sou a favor da Moção 81 dos sindicatos britânicos.

You Might Also Like

7 comentários

  1. Eu faço parte das mulheres obrigadas a usar salto alto no emprego, minimo 5cm, em nome do status da empresa e da profissão. quanto às dores com o tempo parece que estamos de sapatilhas.

    ResponderEliminar
  2. E lidas bem com isso, com o facto de seres obrigada a calçar sapatos de salto alto? A sério que nunca pensei que isso acontecesse, foi um assunto sobre o qual nunca me tinha debruçado. Fiquei assim a saber, através do teu comentário, que essa realidade também existe em Portugal. Bjs

    ResponderEliminar
  3. Eu também assino contra... eu gosto de salto alto mas uso apenas esporadicamente. Tenho alguns exemplares especiais, para ocasiões especiais. Mas no dia a dia tem que ser baixo mesmo, passo muito tempo a pé, não aguentava os saltos nem pensar... beijocas

    ResponderEliminar
  4. É nestas alturas em que eu até nem me importo de ter de usar farda no trabalho. A farda foi a empresa que me forneceu e o meu dinheiro serve para comprar só a roupa de que eu mais gosto, sem qualquer tipo de limitação.
    Em relação às dores das costas, devias experimentar yoga ou pilates, foram para mim soluções milagrosas!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  5. acontece em muitos sítios, principlamnete a quem trabalha em resorts 5 estrelas como é o meu caso e no Dept. Markrting e Comunicação.

    ResponderEliminar
  6. O ser "obrigado a..." já me faz comichão. Aceito que haja códigos de conduta e etiqueta, fica sempre bem, mas obrigar a usar uma coisa que pode prejudicar a saúde isso não...! É que nestes casos pensamos sempre em gente "saudável e normal", mas há quem não os possa usar com essa frequência...

    ResponderEliminar
  7. Concordo com a Tanya. Mas no meu caso o calçado sou eu que o compro. Quando usava saias, usava sapatos com salto pk acho k me favorece, não k fosse obrigada, mas agora que uso calças investi numas botas tipo as dos policias e não há melhor para trabalhar, são quentes, confortáveis, não escorregam com outro tipo de calçado que já tive.

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.

Subscribe