Take a flight! It's easy and expensive

segunda-feira, agosto 31, 2009

Comprar um bilhete de avião não tem nada de dificil. Reserva-se na agência ou no balcão da própria companhia aérea. Pergunta-se quanto custa, tiramos o cartão da carteira e quando nos respondem com o valor da quantia só temos vontade de: VOLTAR A GUARDAR O CARTÃO NO SÍTIO. Estive às duas por três para fazer isto. Esperançada com um bom preço de uma viagem, lá fui ao balcão da TAP, no aeroporto de Lisboa, já com a malinha feita, mas sem reserva. "Vai haver vaga para o destino", pensava eu sem me preocupar. E havia! Mas quando a mulher no balcão me diz que custa 354,91 euros o bilhete de avião ia desmaiando. "Olhe, espere so um bocadinho. Já volto à fila porque preciso de conferenciar". Ligo para o meu respectivo. "Acreditas que o bilhete custa isto? Já não vou". E ele. "Vai. O que vais fazer 3 semanas em Lisboa? Estou a trabalhar, nem posso estar contigo". Tive de conformar-me e comprar o bilhete. Até doeu. Parecia que estavam a cravar-me agulhas nas costas, mas não eram de acupuntura. Para quem acompanha o meu blog, deve com certeza recordar-se do post em que eu dizia que já não ia de férias para lado nenhum com o meu respectivo e que pretendia pôr um plano B em acção. Este é o plano B, mas foi um bocado dispendioso para o que eu estava à espera.

You Might Also Like

11 comentários

  1. bem, é a 1ª vez que venho ao teu cantinho e estou a gostar.
    deixa lá ter sido mais caro do que esperavas, diverte-te com o teu plano B...

    jocas gordas

    ResponderEliminar
  2. Embora não sabendo o destino, e pelo perço calculo que não vais sair da Europa, penso que conseguirias preços melhores noutra companhias.
    Só para teres uma ideia, com mais 30 euros fui aos Estados Unidos (para mim foi quase de graça).

    Boas férias!

    ResponderEliminar
  3. Olá Mary,
    era capaz de conseguir melhores preços noutras companhias, tens razão. O problema é que para o destino que eu escolhi e no qual me encontro só voam 2 companhias. Pela TAP ficava mais barato. A outra cobrava pelo mesmo destino e as mesmas datas 419 euros. Teve de ser pela TAP. E o destino só podia ser mesmo este. Um beijo

    ResponderEliminar
  4. Humm...Pelo preço, deves ter ido para as ilhas. Acertei? Aproveita e goza umas férias como deve ser. Uma vez, não é sempre. ;)

    ResponderEliminar
  5. Olá Lia,
    deixo lá, deixo lá... mas fiquei com a carteira bem mais leve do que esperava. E eu que quero abrir uma conta poupança!!! Um bj grande

    ResponderEliminar
  6. Eu comprei há dias um bilhete de ida e volta pela TAP a 'nice price' mas provavelmente não é para o mesmo destino! :-)

    ResponderEliminar
  7. Não deve ser de certeza para o mesmo GATA! Eu não acho 354,91 euros barato! Se tb fosse um felino como tu, tinha deitado as garras de fora e arranhado a mulher toda. Depois punha o meu ar mais inocente e Miauuuu. hehehehe Bjs

    ResponderEliminar
  8. Percebi bem?
    Colocaste-e num avião sem teres destino predefinido?
    "Ganda maluca"! O que eu gostava de umas maluquices dessas...
    O único destino que tenho é mesmo o escritório. Todos o dias tenho bilhete e partida marcada. Só não tenho é hora de chegada... o que é uma chatice..

    ResponderEliminar
  9. Da fama não me livro! :-)

    Mas deixa-me dizer-te que raramente viajo por low-cost, por causa de situações como a de ontem com a Sky Europe. Por vezes o barato sai caro... E dou sempre prioridade à TAP. Mas, é óbvio, depende dos preços e dos horários...

    ResponderEliminar
  10. Coitados dos passageiros da Skay Europe. Segundo percebi, a empresa ja tinha aberto falência há um mês. Mas a falta de sensibilidade é incrível. Viste a resposta que os funcionários deram aos passageiros?

    "A solução, dizem, é adquirir um bilhete para o voo TAP, hoje de manhã, ou fazer uma queixa ao Instituto Nacional de Aviação Civil". in JN

    Bjs

    ResponderEliminar
  11. sua marota, e não disses-te para onde foste,


    Jinhos e diverte-te

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.

Subscribe