New house

sábado, agosto 01, 2009

Mas que trabalheira dá procurar uma casa decente para morar. São horas e horas de pesquisa para depois dizer: "Não gostei de nada" ou "era tudo muito caro". Quando se tem um orçamento baixo disponível a tarefa fica ainda mais difícil. O imóvel que gostei mais ficava em Arroios e tinha mais de 100m2 para um T2. Não tinha informação de preço, mas ainda fiquei com a esperança que fosse um preço razoável. Qual quê!!!! Estava no bus a regressar a casa do trabalho quando recebo um telefonema de uma imobiliária com um nome estrangeiro que até agora não me consigo lembrar. "Quanto custa o apartamento?". Perguntei esperançada. "1400 euros mensais". Toinc, toinc, toinc... só para poder pagar isto tinha de trabalhar três meses seguidos. Qual crise, qual quê! Os apartamentos de luxo continuam a vender-se e a alugar-se bem, é um facto, assim como todos os artigos de luxos que possamos encontrar. Mas não perdi a fé. Hei-de encontrar um tecto agradável, com uma localização decente e a preço de pobre, sim, porque deste lado não se ganha milhões.

You Might Also Like

4 comentários

  1. Ápre!!!É mesmo caro.


    Ji9nhos e boa sorte.

    ResponderEliminar
  2. A crise é só para os pobres!

    Desiste de procurar APs «renovados e mobilados» são caríssimos!

    Procura uma "velhada", que vais gostar. Interages mais com o espaço e passas a gostar das particularidades do ambiente, conhecendo-lhe a identidade própria... fez sentido??

    ResponderEliminar
  3. Euzinha, faz sentido o que dizes, mas eu até nem tneho procurado apartamentos mobilados, até porque tenho algumas coisas para lá por e as outras pretendo mesmo comprar. Não gosto de entrar para uma casa cuja decoração tenha sido escolhida pelo proprietário, normalmente a mobilia é velha, de má qualidade e sem gosto nenhum. Gosto de ter um espaço personalizado, logo o mobilado está fora de questão. Quanto a ser um apartamento velho, depende do quão velho. O meu maior receio é a canalização, os odores e a ausência de isolamento. É que fazer obras não é nada barato e o espaço não sendo meu não se justifica gastar dinheiro em melhoramentos, a não ser algumas coisas mais básicas, como mudar as cores das paredes e fazer manuntenção rigorosa às coisas. Tenho visto alguns apartamentos que tenho gostado. O primeiro que vi gostei e o preço era razoável. Não posso é desmotivar. :) Mas obrigada pela sugestão, foi querido da tua parte. Beijoca grande

    ResponderEliminar
  4. Lol de novo, como eu te entendo. No meu caso, procuro uma para comprar e nos arredores de Lisboa, perto de Sintra, já para fugir aos preços exorbitantes de Lisboa, mas mesmo assim, é muito complicado não sentir que me estão a roubar até ao tutano. Tem sido uma escolha complicada e morosa, confesso que já estou farta de ver casas, mas também é uma escolha importante..

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.

Subscribe