Talk bad things about the boss

segunda-feira, julho 06, 2009

Quem nunca falou mal do chefe que atire a segunda pedra porque a primeira já toda a gente atirou. Faz parte da condição de subordinado dizer mal do chefe, pois há sempre alguma coisa que desagrada. Ou é o feitio, a forma de chefiar, a prepotência, a arrogância... há sempre alguma coisa a dizer e a criticar. Isto faz com que o trabalhador se sinta mais feliz quando diz mal do chefe? Não necessariamente, mas segundo um artigo que eu li no Courrier Internacional cria camaradagem. Aaaahhh pois é. E porque? Porque mais uma vez TODOS falamos mal daqueles que mandam em nós. Fartei-me de rir quando li que falar mal é um sinal de união entre trabalhadores e que um chefe esperto deveria deixar espaço para que os seus subordinados falem mal dele. Os chefes nem deviam estar no mesmo espaço físico que os seus trabalhadores, porque isso intimida e faz com que produzam menos, o que significa que open spaces são desaconselhados. Meus amigos, não seja por isso, arranjo já meia dúzia de biombos ali na loja dos chineses. Mas pensando bem isto até deverá ter um fundo de verdade. Estar na presença dos chefes coíbe-nos de dizer o que pensamos, o que queremos e sentimo-nos mais pressionados, o que poderá originar erros de trabalho devido ao stress. Mas há aqui um ponto a salientar que não pode ser esquecido, que é o facto de poder haver colegas de trabalho em quem não se possa confiar e que vá dar com a língua nos dentes. "Ah, e tal, fulano disse que o chefe era um sacana de primeira". pronto!!! Está tudo lixado, porque os chefes não estão preparados para que se diga mal deles. Por serem chefes acham que têm de ser sempre elogiados e que os subordinados têm de acatar tudo o que dizem, mas isso não é bem assim. Da mesma maneira que nós sujeitamo-nos a ouvir determinadas coisas, eles também deveriam estar mentalizados que nós também temos umas coisas a dizer-lhes. É assim!!! Desde miúda que vejo isto a acontecer. Ainda me lembro de quando o meu pai era vivo e trabalhava, de chegar a casa a lamentar-se ou a criticar o chefe. Acho que desde o princípio do mundo que isto acontece, mas mesmo assim os chefes teimam em não querer aceitar. Se um dia for chefe acho que até vou criar uma salinha para debates contra o chefe ehehe Estou a exagerar! Mas se um dia isso de facto acontecer, tenho de estar mentalizada para a possibilidade de os meus subordinados dizerem mal de mim e que eu tenha a capacidade de tratar-lhes da mesma maneira de sempre, como se não soubesse de nada. Isto é que seria de tirar o chapéu.



You Might Also Like

7 comentários

  1. LOL Realmente.... Os empregados são mesmo más linguas! :p
    Até eu já disse mal e ainda agora comecei! lol

    ResponderEliminar
  2. Ms. Myself e vai aumentar com o tempo, mas n te sintas mal, ja vi que é assim mesmo. Bjs

    ResponderEliminar
  3. eu n digo mal do patrao mas digo dos professores, vai dar ao mesmo :p

    P.S - gosto de ver este cantinho c as suas cores naturais :D

    ResponderEliminar
  4. Obrigada Hermione. Tive de por preto durante um tempo, era isso que eu sentia. Mas acho que era tempo daqueles que me seguem voltarem a acompanhar o The New Black Is como sempre foi desde o início. Um beijo grande.

    ResponderEliminar
  5. Pronto, tem que haver uma excepção que confirme a regra, não é? Sou eu: eu não digo mal dos meus patrões (não tenho chefes, lido directamente com os deuses lá do sítio). Gosto deles, da forma de trabalhar e de chefiar deles, da forma como lidam connosco. Nem todas as empresas são ninhos de víboras. Aqui somos poucos mas somos (mesmo!) todos amigos. Do tipo de amigos que vão almoçar juntos todos os dias, sabes? É assim que somos. E acredito que a coisa corre bem por causa disso: não há intrigas, nem amuos, nem nada. Tenho sorte, eu sei...

    Beijinhos!!

    ResponderEliminar
  6. Ainda bem Marianne que podes dar-te ao luxo de nunca te lamentares, ainda que seja pequena a crítica, dos teus chefes. Que assim continue. Contudo, sabes bem que isto é o prato de cada dia de milhares e milhares de subordinados. As pessoas são insatisfeitas por natureza, querem sempre mais e ao seu gosto, logo, os outros é que estão mal e toca a criticar. E por vezes os outros é que estão mesmo mal. O artigo que eu li estava engraçadissimo e achei que era um bom tema para discutir no blog. Bjs :)

    ResponderEliminar
  7. Eu sou uma lamentadeira....e não tenho vergonha na cara..lol
    Beijinhos*

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.

Subscribe