Attention

quinta-feira, julho 30, 2009

Nunca tinha pensado muito sobre isto, mas hoje veio a discussão à baila.

As pessoas que escrevem em blogs têm carência de atenção? Não têm verdadeiros amigos e por isso precisam de desabafar na blogosfera? Têm coragem para dizerem ou escreverem aquilo que realmente pensam? Se um blog é um diário porquê expô-lo se é algo privado? Ao dar a conhecer pormenores da vida pessoal num blog que legitimidade têm depois para dizer para não se intrometerem?

You Might Also Like

15 comentários

  1. Não me parece que as pessoas que escrevam em blog's tem carência de atenção.. mas dou um pouco de razão a última pergunta.

    LOL

    Beijinhooos*

    ResponderEliminar
  2. Isso é uma discussão antiga e, quanto a mim, não faz qualquer sentido. Tem um blogue quem quer, porque quer. Normalmente essas críticas vêm de fora, de quem não tem um blogue e não entende a vontade de escrever e partilhar com um "mundo" relativamente desconhecido coisas, palermices, pensamentos ou egocentrismos que nos vão na alma. O espaço é NOSSO. Escrevemos o que queremos. Se queremos partilhar é porque faz parte da nossa personalidade sermos assim. Seja num blogue, seja nos comportamentos que adoptamos no dia-a-dia. Sim, porque esses também passam mensagens. Ou nunca tinham reparado nisso?
    Essas críticas que referes são mesquinhas e, mais uma vez na minha opinião, essas sim, vêm de quem tem pouco mais com que ocupar a vida. Nem a essência de um blogue consegue entender!

    Estiquei-me não fosse. Mas esses comentários deixam-me possessa :)

    BEIJOS

    ResponderEliminar
  3. Eu estou completamente de acordo com a Vanita!

    ResponderEliminar
  4. eu acho que a partilha de opiniões e criar laços com as pessoas sem as conhecer são a principal razao. *

    ResponderEliminar
  5. 1. eu sou na blog-coisa o que sou na vida real, Gata não é o meu nome de registo mas é quase o meu "middle name" pois vários amigos tratam-me assim há muitooos anos!

    2. não conto nada no meu blog que não conte aos meus amigos; aliás muitos conhecem antecipadamente as histórias publicadas.

    3. tenho amigos reais, portanto não é por falta deles que tenho um blog!

    "And last but not least", se algumas pessoas têm blog pelas razões que referes, o que temos nós que ver com isso?! :-)

    ResponderEliminar
  6. A vanita é tudo. Um blog é algo nosso, que criamos porque nos apetece, porque na maior parte dos caso gostamos de escrever, e se alguém ler tudo bem, mas, e falo por mim, tenho uma vida normal, amigos, vida fora da blogosfera, simplesmente mantenho o blog porque gosto...

    bjinho****

    ResponderEliminar
  7. Não acho que o facto de se ter um blog tenha alguma coisa a ver com carência, falta de atenção, falta de amigos e por aí adiante. É uma forma de expressão, de partilha, de entretenimento, de ciomunicação como muitas outras.

    Se têm coragem de dizer tudo o que pensam?

    Depende da pessoa e do tipo de blog. Eu não digo tudo o que penso, mas penso tudo o que escrevo.

    Um blog é um diário?

    Não tem de o ser, forçosamente. É apenas um espaço onde falamos do que queremos, sejam ou não assuntos pessoais.

    Quanto á questão da intromissão... convém definir a mesma.
    Quando estamos a expor um assunto, seja pessoal ou não, é normal obtermos feedback, ou seja, palpites, opiniões, conselhos e etc. Mas será que isso dá o direito a alguém de interferir na nossa vida? Obviamente que não.

    O facto de eu desabafar com uma amiga, por exemplo, não lhe dá o direito de agir de alguma forma em relação ao que lhe contei, certo?

    São questões pertinentes que fazem pensar...


    beijinhos

    ResponderEliminar
  8. A essa lista acrecentava mais uma: ter um trabalho tão aborrecido. com muito pouco para fazer... há que encontrar distracções:-)

    ResponderEliminar
  9. Para mim é uma forma de exteriorizar o que sinto, sempre me dei melhor com palavras escritas que faladas. É uma forma que encontrei de me sentir novamente mais próxima de mim, dos meus sentimentos... e claro é reconfortante saber que alguém desse lado lê o que escrevo,, me conforta, que ri comigo... beijos

    ResponderEliminar
  10. Cara Vanita: se a discussão é antiga, algum sentido terá. E se as palermices lhe vão na sua alma, se são palermices...porquê expôr-se ao ridículo?
    O ciberespaço caracteriza-se por ser de todos, sendo, aliás, um dos mais democráticos que existe.
    Em sociedade existem regras...por muito que ache isso, nunca vai escrever tudo o que pensa. O espaço não é seu!
    Da partilha infere-se um fluxo ...não uma relação unívoca!

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  11. Como autora de blog "contra" mim falo. Acho, de facto, que os blogs são um puro exercício de egocentrismo e de chamada de atenção. Egocentrismo porque se derem conta, a frase mais vezes proferida por um blogger, quando se sente atacado é : "O blog é MEU, EU escrevo o que EU quero." Pois é...mas se EU não quisesse atenção, mais ou menos pronunciada, limitava-me a escrever um diário, ou post-its que colava ao pc, ou lembretes no telemovel e ria-me sozinha! Quem escreve num blog (seja sobre o que for) espera um feedback. Escreve porque quer ser lido, e essa já é uma forma de feedback. Não digo que essas pessoas sejam solitárias, não tenham amigos, etc... Nada disso. Quanto há ultima parte, estou totalmente de acordo. Quem escreve o que quer...lê o que não quer e aceita as consequêncidas de quem sabe mais do que devia... São riscos.

    ResponderEliminar
  12. Olha, picaram-se comigo! Não arranjo problemas no meu blog, vim arranjar no teu. Desculpa Sunrise, não era de todo a intenção. (sim, tenho um erro no primeiro comentário onde está "fosse" é "foi"). Mas agora estou com um dilema. Afinal, diz a Rita Catita que o blog não é meu. E agora? Eu pensava que sim! E também não me posso expor ao ridículo, parece que não é democrático. E se me apetecer sair à rua sem lavar o cabelo ou usar a mesma roupa de ontem, também me vêm bater? Levar com o mau cheiro dos outros também não deve ser democrático. Minha cara, já que me trata assim, faço o mesmo, em sociedade existem regras e uma delas é que eu sou dona do meu blogue. Não gosta não lê. Quer chamar-me nomes, já estou como a Pipoca Mais Doce, be my guest. É para o lado que durmo melhor. Olha agora não posso escrever as palermices que me der na real gana. Está bonito isto. A Manuela Ferreira Leite tem umas ideias parecidas!

    Já te pedi desculpa Sunrise. Desculpa mais uma vez :)

    ResponderEliminar
  13. Vanita, dear, não arranjaste confusão nenhuma, nem no meu, nem no teu blog. Este é um blog democrático (tendo de bloquear uns comentáriozinhos uma vez por outra hehehe em sociedade tb é assim, quem faz asneiritas é penalizado). Não temos de ter todos as mesmas opiniões, mas concordo com muitos dos vossos pontos de vista. Não acho que quem escreva num blog seja solitário. Pode até não ter uma vida social muito activa, mas daí a solitário vai um grande passo. Não digo que n existam pessoas nessa situação... Acho essencialnente que passa pela troca de partilhas, opiniões, pontos de vista e experiências. Divirto-me imenso a ler alguns blogs, de pessoas que não faço a menor ideia quem sejam e nem interessa saber. Interessa apenas o que lá está, o que não está é mais do que pessoal, daí não ter sido escrito. Há algumas pessoas que sabem quem está por detrás do meu blog, nomeadamente tu Vanita que me conheces pessoalmente :) Se calhar ficaste até a conhecer um pouco mais de mim, coisas que desconhecias. Se calhar tens soltado umas boas gargalhadas de vez em quando. Se queremos ser lidos? Naturalmente. Se não não fazia sentido escrever. A troca de partilhas pressupõe que haja leitores que se identifiquem contigo, que digam, talvez: "Somos parecidas" ou "temos coisas em comum". Se um blog é privado? Pode ser! Se o puserem para modo convidado, caso contrário é público. Contudo, ao contrário de certas mentes, tem um dono. Logo quem manda no blog, ainda que sendo democrático, é o seu dono. Somos livres em socieade até certo ponto também... Agora, cada um escreve até onde acha que deve escrever. Há quem não se preocupe em expor toda a sua vida, em falar mal dos outros, em atacar pessoas, em destruir os outros até. No entanto, julgo que a grande maioria não é assim e escreve situações do seu quotidiano que julgam ter interesse partilhar. Se tem repercurssões? Tem, como tudo na vida. Bjs e agradeço a todos os comentários. Foi bom perceber quais são as vossas opiniões.

    ResponderEliminar
  14. Para mim é simples, o meu blogue (partilhado com uma amiga) é uma montra de troca de ideias e tem muito pouco de diário pessoal.Não tem a ver comigo e seria incapaz de expor pormenores pessoais que não estivesse à vontade para falar em mesa de café.Há blogues que assumem muito esse estilo de desabafo emocional e que normalmente eu me canso de ler, mas é um gosto muito pessoal, acho que não têm nada de errado. Se é por falta de atenção...talvez, mas acima de tudo os blogues são uma partilha de informação e opinião preciosas, independentemente das pessoas por quem estamos rodeados diariamente.

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.

Subscribe